Blanca se transforma em furacão categoria 1 com potencial de chegar ao 4

  • Por Agencia EFE
  • 02/06/2015 21h44

Cidade do México, 2 jun (EFE).- A tempestade tropical Blanca evoluiu a furacão categoria 1 na escala Saffir-Simpson e está parado nas águas do Oceano Pacífico, com potencial de alcançar o nível 4 na quinta-feira, informou nesta terça-feira o Sistema Meteorológico Nacional (SMN) do México.

Às 16h15 (local), Blanca tinha ventos constantes de 120 km/h e sequências de 150 km/h, e estava 595 quilômetros ao sul-sudoeste de Lázaro Cárdenas, estado de Michoacán, e 605 quilômetros ao sul-sudoeste de Zihuatanejo, em Guerrero.

O SMN havia previsto chuvas intensas (de 75 a 150 milímetros) em Michoacán, Guerrero, Puebla, Morelos e no Estado do México; muito fortes (de 50 a 75 milímetros) em Jalisco e Distrito Federal, e fortes (de 25 a 50 milímetros) em Colima e Tlaxcala.

O órgão recomendou à população em geral dos estados mencionados e à navegação marítima nas imediações do sistema manter precauções e atender as recomendações emitidas pelas autoridades do Sistema Nacional de Defesa Civil.

De acordo com a previsão, Blanca continuará a ganhar força até alcançar a categoria 4 na próxima quinta-feira, ao redor do meio-dia, com ventos constantes de 220 km/h, sequências de 270 km/h e localizado a 557 quilômetros ao sudoeste de Lázaro Cárdenas e 577 quilômetros ao sudoeste de Zihuatanejo.

Blanca é o segundo furacão da temporada de 2015 no Pacífico após Andrés, hoje um furacão de categoria 1 que está a 1.370 quilômetros ao oeste de Ilha Socorro, em Colima, e 1.540 quilômetros ao oeste-sudoeste de Cabo São Lucas, Baixa Califórnia Sul, perdendo intensidade.

Os especialistas preveem a formação de 19 ciclones dignos de nome na temporada de 2015 no Pacífico, 40% a mais que a média histórica, dos quais quatro seriam furacões intensos (categorias 3, 4 e 5 na escala Saffir-Simpson) e sete fortes (1 e 2). EFE