Bombardeios nos arredores de Damasco deixam pelo menos 26 mortos

  • Por EFE
  • 25/12/2015 09h33
Presidente da Síria Bashar al Assad

Pelo menos 26 pessoas morreram, entre elas dez menores, e 60 ficaram feridas por bombardeios efetuados em duas localidades dos arredores de Damasco, informou nesta sexta-feira (25/12) o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG detalhou que pelo menos 20 civis foram mortos pelos ataques de aviões de guerra, cuja procedência não foi revelada, na população de Hamuriya, enquanto outras seis pessoas faleceram em Arbin.

As duas cidades ficam na região de Ghouta Oriental, o principal bastião opositor dos arredores de Damasco. Atualmente, tanto a força aérea síria quanto a da Rússia bombardeiam os arredores da capital.

A Rússia, aliada do regime de Bashar al Assad, iniciou uma campanha de bombardeios na Síria no final de setembro, o que representa sua primeira intervenção militar direta no país árabe desde o começo do conflito, em 2011.