82 votos de 81 senadores: Major Olímpio defende investigação da votação no Senado

  • Por Jovem Pan
  • 04/02/2019 19h05
Marcos Oliveira/Agência Senado"Não dá para ser complacente com um crime", disse o senador

O senador Major Olímpio (PSL-SP) defendeu nesta segunda-feira (4) que seja feita uma investigação sobre a votação para a presidência do Senado realizada no último sábado (2). Na ocasião, foram contabilizados 82 votos – sendo que há apenas 81 senadores.

“Já estávamos parecendo um centro cívico de escola desorganizada no dia anterior. Quando chega no momento de votação, quando já está mais do que em xeque a credibilidade do Senado, acontece um crime daquela natureza. Não dá para ser complacente com um crime. Isso tem que ser apurado, identificado. Tem que aplicar o rigor da lei”, afirmou.

Olímpio ainda criticou José Maranhão (MDB-PB), senador que presidiu a sessão, por ter rasgado um dos votos durante a confusão. “Tivemos prova material de crime destruída no momento. Vamos dar péssimo exemplo se não investigarmos”, disse, ressaltando que a questão será discutida com o novo presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

*Com Estadão Conteúdo