Acusação desiste de réplica e Senado inicia fase final antes de votação

  • Por Jovem Pan
  • 30/08/2016 14h27
Janaína Paschoal

Janaína Paschoal, advogada de acusação, acaba de afirmar que desistiu da réplica à fala de José Eduardo Cardozo, advogado de defesa da presidente afastada Dilma Rousseff.

Desta forma, a tréplica de Cardozo é desnecessária e assim, há o início dos discursos dos senadores. Com a desistência da réplica, o processo passa a ter duas horas a menos.

Uma das signatárias do pedido de impeachment, a jurista chorou e pediu desculpas à petista durante o seu discurso de acusação no Senado Federal. “Finalizo pedindo desculpas à senhora presidente. Não por ter feito o que fiz, mas por eu ter lhe causado sofrimento. Mas sei que a situação que está vivendo não é fácil. Muito embora não fosse meu objetivo, causei sofrimento”, disse.

Até o momento, 66 parlamentares stão inscritos para falar. Cada um terá dez minutos no plenário para apresentar seus argumentos.

Encerrada a fase dos senadores, Ricardo Lewandowski encerra a sessão e retoma amanhã, seja com o final dos discursos dos senadores ou com a votação final do processo de impeachment.

Confira as informações dos repórteres José Maria Trindade e Arthur Scott: