Advogado entra para a lista de desaparecidos do Wilton Paes de Almeida

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2018 12h54
EFE/Sebastião MoreiraCinco pessoas seguem oficialmente desaparecidas após o desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida

O número de vítimas desparecidas no desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida subiu para seis. Nesta terça-feira (15), a Polícia Civil incluiu o advogado Alexandre de Menezes, de 40 anos. Menezes vivia no 10ª andar do Edifício e desde nunca mais foi visto.

A mãe e a irmã procuraram a Polícia para relatar o desaparecimento. Segundo a família, Alexandre de Menezes deixou a casa dos pais para viver nas ruas. O advogado é dependente de álcool e drogas e ocupava um cômodo improvisado no prédio.

Também seguem desaparecidos Walmir Sousa Santos (47 anos), Gentil de Souza Rocha (53 anos), Eva Barbosa Lima (42 anos) e Selma Almeida da Silva (40 anos). Selma era mãe dos gêmeos Werder e Wendel, que já tiveram os restos mortais identificados pelo IML.

As outras vítimas, também identificadas, são Ricardo Galvão Pinheiro e Francisco Lemos Dantas.