Alckmin demite Oficial da PM acusado de desvio

  • Por Estadão Conteúdo
  • 08/02/2018 09h04
Johnny Drum/Jovem PanA decisão de Alckmin foi publicada na edição de quarta-feira do Diário Oficial do Estado

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) demitiu nesta quarta-feira, 7, o tenente-coronel José Afonso Adriano Filho, acusado de fraudes no Departamento de Suporte Administrativo (DSA), do Comando-Geral da PM. A decisão de Alckmin foi publicada na edição de quarta-feira do Diário Oficial do Estado.

Ela obedece a um acórdão do Tribunal de Justiça Militar (TJM), que considerou, em setembro de 2017, Adriano Filho indigno do oficialato, decretando a perda de seu posto e patente. Cabe recurso judicial da decisão. A reportagem não conseguiu localizar a defesa do coronel e o espaço está aberto para manifestação.