Alcolumbre diz que senadores contra nomeação de Eduardo são poucos: ’20 pessoas’

Filho do presidente será submetido a sabatina na Casa para avaliar sua nomeação à embaixada nos EUA

  • Por Jovem Pan
  • 21/08/2019 18h39
Geraldo Magela/Agência Senado O presidente do Senado, Davi Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou nesta quarta (21), que não há muitos senadores dispostos a votar contra a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, para a embaixada brasileira em Washington.

A indicação, se oficializada pelo Planalto, precisa de aval no Senado. Nesta quarta, Alcolumbre foi questionado se a nomeação não teria “subido no telhado”. “Acho que não”, respondeu o presidente do Senado. No dia anterior, Jair Bolsonaro afirmou que não “submeteria o filho a um fracasso”.

“Quem fala que vota contra já está falando que vota contra”, declarou Alcolumbre, sobre se acredita na aprovação de Eduardo no Senado. Perguntado se não haveria muitos senadores dizendo votar contra, o presidente do Senado rebateu: “Não tem muito, 20 pessoas.”

Em busca de apoio, Eduardo está visitando senadores nos últimos dias. Para Alcolumbre, a mensagem presidencial com a indicação do deputado deve chegar ao Senado após o parlamentar visitar alguns senadores.

Com Estadão Conteúdo