Senado fecha acordo sobre comissões; MDB vai presidir a CCJ

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2019 17h54
Ernesto Rodrigues/Estadão ConteúdoPresidentes das comissões devem ser oficializados por aclamação na quarta

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), divulgou nesta terça-feira (12) a distribuição do comando de cada uma das comissões temáticas da Casa. Antes, ele se reuniu com líderes partidários e fechou acordo de representação das legendas.

De acordo com o parlamentar, houve consenso entre os membros das siglas e, já nesta quarta-feira (13), a eleição de cada comissão deve acontecer por aclamação. O MDB, de Renan Calheiros (AL), terá três presidentes de colegiados.

Entre as comissões emedebistas, está a de Constituição e Justiça (CCJ), cujo comando já está definido nas mãos da senadora  Simonte Tebet (MS). A comissão é considerada a mais importante da Casa, por ser responsável pela análise dos principais projetos apresentados. Caberá à CCJ avaliar o texto da futura reforma da Previdência.

Confira a distribuição de partidos por comissão:

  • Agricultura: PSL;
  • Assuntos Econômicos: PSD, com Omar Aziz (AM);
  • Assuntos Sociais: Podemos;
  • Ciência e Tecnologia: PP;
  • Constituição e Justiça: MDB, com Simone Tebet (MS);
  • Desenvolvimento Regional: PSDB;
  • Direitos Humanos: PT;
  • Educação: MDB;
  • Fiscalização e Controle: PSDB;
  • Infraestrutura: DEM;
  • Meio Ambiente: Rede;
  • Mista de Orçamento: MDB, com Marcelo Castro (MDB-PI);
  • Relações Exteriores: PSD;
  • Senado do Futuro: PRB e PSC (revezamento).