Além de deveres, queremos ter direitos dentro do Acordo Climático de Paris, afirma Bolsonaro

  • Por Jovem Pan
  • 23/01/2019 14h41
Alan Santos/PRBolsonaro concedeu entrevista à TV norte-americana

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou nesta quarta-feira (23) que pretende manter o Brasil como signatário do Acordo Climático em Paris, o que foi motivo de dúvidas internacionais após eleições de outubro. Contudo, o brasileiro deixou claro que o País quer ter, além de deveres, direitos – como o retorno financeiro por crédito de carbono.

Bolsonaro concedeu entrevista à emissora de televisão Bloomberg, dos Estados Unidos, em Davos, na Suíça. Durante toda esta semana, o presidente participa do Fórum Econômico Mundial. Ele retorna ao Brasil somente na sexta-feira (25).

“Em relação ao Acordo de Paris, até certo ponto o Brasil fez a sua parte. Quando você fala de créditos de carbono, o Brasil não tem recebido retorno financeiro. Então, por enquanto, nós vamos continuar no Acordo de Paris, mas nós somos um País em desenvolvimento e temos deveres, mas também queremos ter direitos dentro do Acordo de Paris”, disse.

Após ter sinalizado, na campanha e no início do mandato, a intenção de sair do pacto climático – e ter rejeitado a ideia de o Brasil sediar a conferência climática COP25 – , os próprios ministros de Bolsonaro já haviam indicado que ele voltaria atrás. Na entrevista, ainda, ele disse que há “visão distorcida” de que o Brasil não protege o meio ambiente.

*Com informações do Estadão Conteúdo