Aliados pressionam para que juíza autorize saída temporária de Lula

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2019 14h09 - Atualizado em 01/03/2019 14h32
ReproduçãoA morte do neto ocorre um mês depois da morte do irmão do ex-presidente Genival Inácio da Silva, o Vavá

A morte do neto do ex-presidente Lula nesta sexta-feira (1º), vítima de meningite meningocócica, provocou reação de aliados do petista nas redes sociais para que a juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena, autorize sua saída temporária da prisão para acompanhar o velório e o enterro em São Paulo.

Arthur Araújo Lula da Silva, de sete anos, deu entrada em um hospital em Santo André, no ABC paulista pela manhã, mas poucas horas depois não resistiu.

Pelo Twitter, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmannescreveu: “Faremos de tudo para que você possa vê-lo”.

Minutos mais tarde, em nota, o partido prestou solidariedade ao ex-presidente e a sua família. A nota diz que Lula é vítima de perseguição: “É mais uma tragédia pessoal que o atinge, em meio à perseguição política e à farsa judicial de que ele é vítima”.

“O Partido dos Trabalhadores está solidário com o presidente Lula e sua família, neste momento de dor em que ele perdeu, de forma dramática, o querido neto Arthur, de apenas 7 anos. É mais uma tragédia pessoal que o atinge, em meio à perseguição política e à farsa judicial de que ele é vítima.

A dor de Lula é compartilhada por cada militante do PT e pelos milhões de brasileiros que o reconhecem como o presidente que mais combateu a fome e a mortalidade infantil, com programas sociais, de saúde e geração de renda. O presidente que defendeu a vida e um futuro melhor para nossas crianças.

Lula não merece estar preso, porque provou sua inocência diante de todas as acusações falsas que lhe fizeram. Lula tem o direito de compartilhar com seus familiares, o filho Sandro e a nora Marlene, o luto pela morte do pequeno Arthur.

Muita força, companheiro Lula. Que Deus o abençoe.

Gleisi Hoffmann
Presidenta Nacional do PT”.

O ex-candidato à Presidência Fernando Haddad também se manifestou: “Que Deus ampare a família Lula da Silva. Quanta dor!”.

Confira mais repercussões nas redes sociais: