Anvisa faz primeira reunião com Pfizer para avaliar medicamento Paxlovid, contra a Covid-19

Encontro é de praxe e serve para apresentar dados antes de empresa farmacêutica fazer pedido formal para autorização de um remédio

  • Por Jovem Pan
  • 19/01/2022 22h35
EFE/Justin Lane/Archivo Pfizer Paxlovid já foi aprovado nos Esatdos Unidos e na União Europeia para combater o coronavírus

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou nesta quarta, 19, uma reunião com a empresa farmacêutica Pfizer para a pré-submissão do pedido de uso emergencial do medicamento Paxlovid, voltado para o combate à Covid-19. Em reuniões de pré-submissão, os laboratórios apresentam dados técnico de um produto, antes de enviar uma solicitação formal de aprovação. Agora, cabe à Pfizer apresentar o pedido formal; o prazo de avaliação do medicamento por parte da Anvisa começa apenas quando ela receber a solicitação e o pacote completo de informações sobre o remédio. O Paxlovid bloqueia a enzima produzida pelo coronavírus para poder se replicar dentro do corpo humano e deve ser administrado de forma oral, desde o diagnóstico até cinco dias após o início dos sintomas. O novo medicamento já foi aprovado por órgãos estrangeiros, como a FDA (Food and Drug Administration, autoridade sanitária dos Estados Unidos) e a EMA (Agência Europeia de Medicamentos, na sigla em inglês).