Anvisa registra dois novos medicamentos contra a hepatite C

  • Por Jovem Pan
  • 05/12/2017 12h09
DivulgaçãoOs dois integram a nova geração de drogas que impede a replicação do vírus no organismo e possibilita a cura em taxas maiores a 90%

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou dois novos medicamentos contra a Hepatite C: zepatier e harvoni. Os dois integram a nova geração de drogas que impede a replicação do vírus no organismo e possibilita a cura em taxas maiores a 90%.

Antes dessa nova geração de medicamentos, os pacientes com Hepatite C utilizavam o interferon, que atuava contra a doença fortalecendo o sistema imunológico. Porém, este possuía mais efeitos colaterais que as drogas atuais, como anemia, cansaço e depressão, além de uma menor taxa de cura.

A Anvisa aprovou os dois medicamentos atendendo a uma solicitação do Ministério da Saúde, que pediu prioridade ao registro de drogas contra a doença.

O Governo estabeleceu neste ano o compromisso, com a Organização Mundial da Saúde, de eliminar a Hepatite C até 2030 no País. A doença afeta de 80 a 150 milhões de pessoas em todo o mundo. Estima-se que hoje entre 1,4 e 1,7 milhão de brasileiros tenham a doença.