Após declarações de Alckmin, Beto Mansur cobra apoio do PSDB à reforma

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/12/2017 17h30
Agência CamaraDeputado Beto Mansur (PRB-SP), acredita que a aprovação da reforma da Previdência pode ser inviabilizada se a votação não acontecer na próxima semana

Após as declarações do governador Geraldo Alckmin, o vice-líder do governo, deputado Beto Mansur (PRB-SP), disse esperar que o PSDB feche questão a favor da reforma da Previdência.

“Ele (Alckmin) vai trabalhar junto à bancada do PSDB. Eu vou ter surpresa se o PSDB não for no mesmo caminho que o candidato do partido à Presidência da República”, disse Mansur.

Alckmin defendeu a proposta no último sábado, quando foi eleito presidente nacional do PSDB. Como mostrou o jornal “O Estado de S. Paulo” nesta segunda, no entanto, o governador terá dificuldade em convencer os deputados tucanos a votarem a favor da reforma. Parte dos deputados rejeita uma possível imposição da Executiva nacional da legenda e qualquer possibilidade de punição caso votem contra as mudanças nas regras da aposentadoria.

Para Mansur, a aprovação da reforma da Previdência pode ser inviabilizada se a votação não acontecer na próxima semana. Segundo ele, o governo tem hoje cerca de 270 votos, mas pelo menos 100 deputados indecisos poderiam ser convencidos a votar a favor da proposta. “Na minha opinião, nós teremos menos votos em fevereiro, do que se votarmos na semana que vem.”