Após denúncias, Companhia das Letras suspende distribuição da biografia de João de Deus

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2018 11h24
Divulgação"João de Deus: Um Médium no Coração do Brasil" foi lançado em 2016

A editora Companhia das Letras publicou uma nota em seu site oficial em que informa que suspendeu a distribuição do livro “João de Deus: Um Médium no Coração do Brasil” (2016). O motivo é a recente onda de relatos de abuso sexual contra o líder espiritual.

“Surpreendida com as denúncias de práticas de estupro e de abuso sexual contra o médium João de Deus, a Companhia das Letras, de comum acordo com a autora, suspendeu a distribuição do livro ‘João de Deus: Um médium no coração do Brasil’, publicado pelo selo Fontanar”, diz o comunicado desta segunda-feira (10).

O livro foi escrito por Maria Helena Pereira Toledo Machado, professora de História da Universidade de São Paulo (USP) e frequentadora da Casa Dom Inácio de Loyola, onde o religioso promove seus atendimentos na cidade de Abadiânia (GO). De acordo com a sinopse, ela foi a única pessoa a receber o consentimento dele para escrever uma biografia.

“Maria Helena P. T. Machado parte de seu encontro pessoal com ele para procurar entender tamanho fenômeno. Por meio de entrevistas com os voluntários da Casa, pessoas próximas ao médium e uma pesquisa extensa e profunda sobre a diversidade religiosa no Brasil, ela apresenta um material exclusivo e impressionante sobre o líder espiritual que fascina pessoas de todas as partes do planeta”, diz o texto.

Veja tudo que se sabe até agora sobre as acusações contra o médium