Após exames, porta-voz confirma viagem de Bolsonaro à ONU: ‘pronto para combate’

  • Por Jovem Pan
  • 20/09/2019 10h49
Marcos Corrêa/PRPresidente não poderá ficar sentado por muito tempo

Após passar por uma bateria de exames nesta sexta-feira (20), o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, confirmou a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na Assembleia-Geral das Organização das Nações Unidas (ONU). O encontro está programado para acontecer na semana que vem, em Nova York, e o presidente desembarcará na cidade já na segunda-feira (23).

“O nosso presidente está pronto para o combate, com viagem assegurada para Nova York”, afirmou Rêgo Barros. Antônio Macedo, o médico responsável, disse que, apesar da permissão para viajar, Bolsonaro precisará seguir orientações enquanto estiver fora.

Macedo explicou que, em viagens longas em um recém-operado, há risco de que apareçam problemas problemas vasculares. Por isso, Bolsonaro utilizará meias para ativar a circulação, tomará injeções anticoagulantes e não poderá permanecer sentado por muito tempo. Além disso, durante o voo, a recomendação é de que o presidente ande pelo no avião e fique a maior parte do tempo deitado.

Antes de ser operado, no dia 8, Bolsonaro chegou a dizer que iria à Assembleia “nem que fosse de maca.”