Após vazamento de depoimento à PF, Temer se encontra com filha em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 19/05/2018 13h43
MARCO AMBROSIO/ESTADÃO CONTEÚDOPF investiga se reforma na casa de Maristela Temer, em Pinheiros, foi custeada com dinheiro de propina

Pouco menos de uma dia após o vazamento do depoimento de Maristela Temer à PF, o presidente da República, Michel Temer resolveu ir à residência de sua filha em São Paulo. Na última sexta-feira (18), a TV Globo revelou foi o próprio pai que sugeriu a ela que procurasse o engenheiro João Baptista Lima Filho, o Coronel Lima, proprietário da Argeplan.

Trechos de depoimento destacam que a filha de Temer solicitou o orçamento de reforma de sua casa ao Coronel Lima, amigo particular de Temer, e à sua esposa Maria Rita Fratezi. Segundo Maristela, o orçamento inicial de R$ 1 milhão foi considerado muito caro. Ela foi então recomendada por Maria Rita a fazer a reforma por conta própria, mas que ela ajudaria no projeto.

O projeto elaborado pela esposa do Coronel Lima envolveu “troca do revestimento do banheiro, alteração do local da escada de acesso à edícula, localizada no fundo do imóvel, troca do telhado por inteiro, ampliação da sala com a retirada de uma parede, alteração da fachada, pintura geral do imóvel, troca de portas e janelas”.

Maristela Temer ressaltou que Maria Rita Fratezi comparecia eventualmente na obra, mas que havia indicado uma pessoa responsável. Além disso, a esposa do Coronel Lima teria feito alguns pagamentos junto aos fornecedores, mas foi prontamente ressarcida por Maristela.

A filha do presidente disse que seu pai não arcou com nenhuma despesa da obra em sua casa tampouco repassou recurso ou orientação para Lima e sua esposa.