Araraquara decreta novo lockdown após alta de casos de Covid-19

Decreto com medidas restritivas deverá ser publicado ainda nesta quinta-feira, 17; prefeito citou necessidade de ‘conter transmissão enquanto vacinação avança’

  • Por Jovem Pan
  • 17/06/2021 15h51 - Atualizado em 17/06/2021 16h24
Divulgação/Prefeitura de AraraquaraAraraquara vai decretar novo lockdown

Meses após um lockdown severo que proibiu até mesmo o funcionamento de supermercados, a cidade de Araraquara, no interior de São Paulo, anunciou nesta quinta-feira, 17, que fará um novo lockdown para tentar conter as contaminações por Covid-19 na região. A medida ocorrerá em cumprimento a um decreto municipal que determina a manutenção da abertura dos segmentos econômicos locais quando, por três dias consecutivos (ou cinco dias espaçados em uma mesma semana), a taxa de positividade dos testes aplicados no município for superior a 20%. Nesta quinta, um boletim publicado pela prefeitura informou a imposição de um “Estado de Alerta Máximo” após a taxa de positividade alcançar 23,59%.

“As medidas restritivas serão importantes para conter a transmissão do coronavírus enquanto a vacinação ainda avança. A previsão é de que a vacina chegue até os 40 anos de idade até a primeira semana de julho. Enquanto isso, precisamos do isolamento social e dos cuidados preventivos”, afirmou o prefeito da cidade, Edinho Silva (PT), em publicação nas redes sociais. Segundo ele, uma reunião com prefeitos de cidades nos arredores de Araraquara, especialistas em saúde e representantes do governo do Estado foi realizada na tarde desta quinta e os detalhes do decreto ainda serão alinhados, mas as medidas devem ser pontuadas ainda ao longo da tarde. O último boletim epidemiológico do município mostra que em 24 horas foram registrados 202 novos casos da doença, mas nenhuma nova morte. Desde o início da pandemia, o município teve 24 mil casos confirmados e 483 mortes.