Às vésperas do Natal, site dos Correios fica fora do ar

Plataforma começou a apresentar instabilidade por volta das 01h44 da madrugada; empresa ainda não se manifestou sobre a falha

  • Por Jovem Pan
  • 23/12/2021 09h14 - Atualizado em 23/12/2021 13h20
EDUARDO MATYSIAK/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Fachada de uma agência dos Correios Relatos dão conta de que a falha no site dos Correios foi geral

O site dos Correios se encontra fora do ar nesta quinta-feira, 23, a um dia da véspera de natal. A instabilidade foi relatada por usuários nas redes sociais. Segundo o site Downdetector, que monitora problemas nas redes sociais do mundo inteiro, as reclamações começaram por volta das 01h44 da madrugada, com pico às 8h39 desta quinta. A maioria dos relatos da conta de que a falha foi geral, ou seja, os usuários não conseguem acessar o endereço do site para fazer rastreio das encomendas. Ao entrar no aplicativo, a mensagem “503 Service Unavailable. No server is available to handle this request” é exibida.

Reclamações do Down Detector sobre o site dos Correios

O LAPS$US, mesmo grupo de hackers que invadiu os sites do Ministério da Saúde e tirou do ar a plataforma Conecte-SUS em 10 de dezembro, assumiu a autoria do ataque aos Correios desta quinta-feira. “Anunciamos um ataque cibernético contra o CORREIOS.com.br. Os serviços estão atualmente offline. Mais informações em breve”, diz mensagem enviada ao canal de Telegram do grupo. Em nota à Jovem Pan, os Correios afirmam que o site já voltou a operar “com quase toda a capacidade”.  “Os Correios informam que, na manhã desta quinta-feira, 23, parte dos sistemas corporativos e Portal dos Correios apresentaram instabilidade/indisponibilidade. Já voltamos a operar com quase toda a capacidade. As equipes técnicas estão atuando para normalização integral, no menor tempo possível”, diz nota. De acordo com a empresa, “não há qualquer indício de perda de informação ou sequestro de dados.” “Os Correios reafirmam a segurança e a integridade dos dados e de seus sistemas de informação, essenciais para a prestação de serviços aos nossos clientes.”