Assassino do ator Rafael Miguel teria tatuagens ‘marginal… sempre marginal’ nos braços

  • Por Jovem Pan
  • 14/06/2019 14h44
Reprodução/TV GloboO fato de o pai continuar solto aumenta a tensão da filha Isabela, que afirma que não consegue descansar desde o dia do crime

A Polícia Civil de São Paulo continua as buscas por Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele no último domingo (9). E uma informação importante para a identificação do homem foi divulgada pela polícia: a de que ele teria tatuagens nos dois antebraços onde estaria escrito “marginal… sempre marginal”.

De acordo com o site G1, um grupo de agentes saiu pelas ruas com fotos do foragido à procura de pistas. A polícia cogita pedir a prorrogação da prisão temporária ou conversão em prisão preventiva, caso Cupertino não se apresente.

Na terça-feira (11), a polícia localizou o carro usado pelo assassino para fugir do local do crime. Cupertino teria matado Rafael e os pais por não concordar com o namoro da filha Isabela com o ator.

O fato de o pai continuar solto aumenta a tensão de Isabela, que afirma que não consegue descansar desde o dia do crime. Em entrevista à Globo, ela disse que “não quer esquecer, não quer remoer, que só quer ter paz”. A jovem confirmou também que não voltará para a casa.

“Um ambiente extremamente tóxico, com lembranças ruins. Eu não tenho motivos para estar lá”, declarou. “Nem que desse eu voltaria para lá. Não tem a menor possibilidade. Nunca foi um lar.”

Isabela está na casa de uma amiga. Ela, o irmão e a mãe continuam se falando.

Sobre o crime

Os assassinatos aconteceram na tarde de domingo. Segundo o registro do boletim de ocorrência, Rafael chegou à casa da namorada acompanhado pelos pais João Alcisio Miguel, de 52, e Miriam Selma Miguel, de 50. Parentes afirmaram que eles haviam marcado uma conversa com a família de Isabela para falar sobre o relacionamento.

Quando ainda estavam do lado de fora do portão, Matias os teria surpreendido e, sem dizer nada, matado os três a tiros.