Ataques assustam refugiados venezuelanos em Roraima

  • Por Jovem Pan
  • 10/02/2018 09h57
EFE/Juan Pablo Cohen/La OpiniónVista aérea da ponte internacional Simón Bolívar, que liga a Venezuela à Colômbia; milhares de venezuelanos tentam cruzar a fronteira

A Polícia Civil de Roraima investiga atentados contra famílias de refugiados venezuelanos em Boa Vista.

O delegado titular da Delegacia Geral de Homicídios, Cristiano Camapum, disse nesta sexta-feira (9) que os dois ataques que ocorreram nesta semana podem ter sido cometidos pela mesma pessoa.

Na última quinta-feira (8), uma criança de 3 anos e os pais tiveram queimaduras graves depois que uma bomba caseira foi jogada na residência onde a família estava morando.

Na segunda-feira (5), um homem foi flagrado ateando fogo em uma casa onde vivem 31 venezuelanos. Uma pessoa ficou gravemente ferida.

A Polícia Civil aguarda a conclusão das investigações para sugerir a motivação dos crimes, mas não descarta a possibilidade de xenofobia.

As informações são do repórter Jovem Pan Matheus Meirelles