Avenida Paulista ficará aberta para carros durante a Virada Cultural

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2019 19h56
Rovena Rosa/Agência BrasilA juíza estabeleceu multa de R$ 5 milhões à prefeitura caso a ordem não seja acolhida

A Avenida Paulista não poderá ser fechada para carros durante as atrações da Virada Cultural deste ano. A prefeitura de São Paulo havia dito que interditaria a avenida para o evento cultural, que será das 18h deste sábado (18) até as 18h deste domingo (19).

A decisão é uma liminar da juíza Patricia Pires, da 3ª Vara do Juizado Especial da Fazenda Pública de São Paulo, que atendeu parte de um pedido feito à Justiça por representantes de moradores da região. Eles alegaram na ação que foram “surpreendidos” com a decisão.

“Apesar de justo o objetivo do município de promover a cultura e o entretenimento dos munícipes, encontra óbice ao interesse de ir e vir de milhões de pessoas que se valem da avenida, causando enorme impacto ambiental e urbanístico pelo seu fechamento em 24 horas”, escreveu a magistrada.

Ela entendeu, ainda, que o fechamento da via no sábado atrapalharia o tráfego de pessoas que transitam pela região, prejudicaria o comércio e moradores, além de descumprir o acordo com o Ministério Público.

A juíza considerou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) de 2007 que limita a quantidade de eventos na Paulista ao longo do ano para atender a parte do pedido. Os moradores queriam que a Justiça impedisse o bloqueio durante as 24 horas e garantisse a abertura no domingo (19).

A juíza estabeleceu multa de R$ 5 milhões à prefeitura caso a ordem não seja acolhida. A programação da Virada não previa um palco bloqueando a Paulista o tempo todo, mas há shows previstos no endereço, por isso o órgão queria o fechamento da avenida.

* Com informações do Estadão Conteúdo