Banco Central suspende o uso do Whatsapp para pagamentos e transferências

Nova ferramenta que possibilita transações bancárias havia sido divulgada pelo aplicativo de mensagens há uma semana

  • Por Jovem Pan
  • 23/06/2020 20h10 - Atualizado em 23/06/2020 21h07
Divulgação/WhatsappWhatsapp anunciou ferramentas para pagamento há uma semana

Anunciado recentemente, o uso do Whatsapp para pagamentos e transferências terá que ser suspenso por ordem do Banco Central. A instituição determinou nesta terça-feira que as operadoras de crédito Visa e Mastercard não iniciem as atividades ou “cessem imediatamente” o uso do aplicativo para as transações. Em nota, o BC estabelece que uma “nova solução de pagamentos depende de prévia autorização”.

“No âmbito de suas atribuições de regulador e supervisor dos arranjos de pagamento no Brasil, o Banco Central (BC) determinou a Visa e Mastercard que suspendam o início das atividades ou cessem imediatamente a utilização do aplicativo WhatsApp para iniciação de pagamentos e transferências no âmbito dos arranjos instituídos por essas entidades supervisionadas”, diz o texto.

O objetivo da medida, segundo o Banco Central, é “preservar um adequado ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato”.

A medida vai permitir que sejam avaliados os eventuais riscos para o funcionamento adequado do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB). “O eventual início ou continuidade das operações sem a prévia análise do Regulador poderia gerar danos irreparáveis ao SPB notadamente no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados”, informa a nota.

O Banco Central alerta ainda que o descumprimento da decisão acarretará em uma cobrança de multa cominatória aos interessados e apuração de responsabilidade em processo administrativo sancionador.

* Com Estadão Conteúdo