Bolsonaro deixa residência oficial e chega de surpresa ao Planalto

  • Por Jovem Pan
  • 15/02/2019 15h20
Marcos Corrêa/PRDepois de receber alta na quarta, presidente desembarcou em Brasília e estava em repouso

Depois da divulgação de notícias sobre a permanência de Gustavo Bebianno na Secretaria-Geral, o presidente Jair Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada – residência oficial do titular do cargo – e chegou de surpresa ao Palácio do Planalto, o que não estava previsto.

Como o presidente ainda está em fase de recuperação, a expectativa era que ele só retornaria ao trabalho, no Planalto, a partir da semana que vem.  Por pouco, Bolsonaro não cruzou com Bebianno, que havia deixado o prédio cerca de 15 minutos antes.

O ministro não tem agenda oficial nesta sexta-feira (15). Seu único compromisso no Planalto foi a reunião com os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Carlos Alberto dos Santos Cruz (Secretaria de Governo), que comunicaram que ele permanecerá no cargo.

Bolsonaro, por sua vez, passou a manhã reunido com ministros e assessores no Alvorada para costurar o fim da crise que envolve seu filho, o vereador Carlos Bolsonaro, e Bebianno. Ele também se reuniu com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

A próxima reunião prevista seria com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, às 16 horas. O encontro também aconteceria na residência oficial da Presidência, segundo a última agenda divulgada pela assessoria de imprensa.

Segundo fontes, o presidente concordou com a avaliação de auxiliares próximos da necessidade de afastar Carlos de questões do governo. Ele ainda não se encontrou pessoalmente com Bebianno desde que recebeu alta e voltou a Brasília, na quarta (13).

*Com informações do Estadão Conteúdo