Bolsonaro discorda de futuro ministro e diz ser contra revalidação para médicos brasileiros

  • Por Jovem Pan
  • 25/11/2018 15h40
José Lucena/Estadão ConteúdoPresidente eleito disse ser contra "revalidação" de certificado de brasileiros

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) se manifestou contrário à ideia de exigir a revalidação periódica de médicos formados no Brasil, proposta pelo futuro ministro da Saúde, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS).

“Ele está sugerindo o Revalida até com uma certa periodicidade. Eu sou contra”, afirmou Bolsonaro, em evento do Exército, no Rio de Janeiro. Revalida é como é conhecido o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos.

Mandetta disse em entrevista a um jornal que “no mundo inteiro”, depois do término da faculdade, o médico volta a cada cinco anos para uma “recertificação”. Ele defende que a ideia seja levada a debate no Congresso Nacional.

*Com informações do Estadão Conteúdo