Bolsonaro diz ‘lamentar’ Previdência, mas chama reforma de ‘necessária’

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2019 11h25 - Atualizado em 02/10/2019 11h25
Marcos Corrêa/PRPresidente disse que, sem as mudanças, Brasil "quebraria em dois anos"

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a dizer, nesta quarta-feira (2), que não gostaria de precisar fazer a reforma da Previdência, mas que é algo “necessário”. Segundo ele, sem as mudanças nas regras de aposentadoria, o Brasil “quebraria em dois anos”.

“É necessária [a reforma]. Se não fizer, quebra o Brasil em dois anos. Lamento, tem que aprovar, não tinha como”, afirmou, na saída do Palácio da Alvorada. “É uma maneira que nós temos de dar um sinal de que estamos fazendo o dever de casa. Não tem plano B, nem para mim, nem para ninguém que estivesse em meu lugar”, continuou.

Bolsonaro declarou, ainda, que “outros governos tentaram fazer e não conseguiram. Gostaria de não ter que mexer em muita coisa, mas, senão mexer, igual de vez em quando tem que dar uma dura no moleque em casa, mesmo dando dura, às vezes, sai coisa errada na frente”. Ele não comentou, no entanto, sobre o destaque aprovado na noite de terça-feira (1º) no Senado Federal, que retirou recursos da reforma.

*Com Estadão Conteúdo