Bolsonaro diz que filhos podem criticá-lo e que Carlos terá lugar no governo ‘se assim desejar’

  • Por Jovem Pan
  • 24/11/2018 17h33 - Atualizado em 24/11/2018 18h01
FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO Desafeto entre filho de Bolsonaro e Gustavo Bebianno levou o vereador a deixar a equipe de transição do presidente eleito

Em evento no Rio de Janeiro o presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que os filhos tinham liberdade para criticá-lo e que o vereador Carlos Bolsonaro, do PSC, que deixou a sua equipe de transição, terá lugar em seu governo “se assim desejar”.

“Com os meus filhos, não tem problema nenhum, todos eles têm independência e podem criticar à vontade. Meus filhos continuam comigo, sem qualquer problema. Ele (Carlos) tem espaço no governo, se assim desejar”, disse aos presentes na cerimônia de aniversário de 73 anos da brigada de Infantaria de Paraquedista, na zona oeste do Rio.

A fala é uma resposta a nova polêmica envolvendo os Bolsonaro. A última semana revelou divergências no seio político da família com a saída de Carlos Bolsonaro da equipe de transição do pai, ele discorda do nome escolhido para comandar a Secretaria-Geral da Presidência da República.

O vereador publicou em seu perfil no Twitter duras críticas a Gustavo Bebianno, o indicado pelo militar reformado para a pasta. Bebianno respondeu e disse que Carlos Bolsonaro poderia assumir a Secretaria de Comunicação, declaração que ambos, vereador e presidente eleito, desmentiram.

O desafeto entre Bebianno e Carlos Bolsonaro levou o vereador a anunciar que deixaria de cuidar das redes sociais do pai, o que faz há 10 anos. Sobre Bebianno, ele escreveu que “caráter não se negocia” e que “quando há compulsão por aparecer a qualquer custo, sempre tem algo por trás”. “A procura por holofote é um péssimo indicativo do que se pode esperar de um indivíduo”.

Ainda durante o evento, Jair Bolsonaro desmentiu o filho e afirmou que ele continuará cuidando de suas redes sociais – principal meio pelo qual o presidente eleito tem realizado anúncios oficiais da composição do seu governo.

*com informações de Estadão Conteúdo