Bolsonaro diz que Netanyahu ofereceu ‘tecnologia israelense’ para buscar desaparecidos em MG

  • 26/01/2019 15h08 - Atualizado em 26/01/2019 20h11
Fernando Frazão/Agência BrasilO primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ofereceu ajuda ao Brasil para buscar desaparecidos em Brumadinho (MG)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (26), em sua conta no Twitter, que o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ofereceu ajuda por telefone para a busca de desaparecidos no rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho, em Minas Gerais. “Aceitamos e agradecemos mais essa tecnologia israelense a serviço da humanidade”, afirmou o presidente.

O auxílio de Netanyahu, primeiro-ministro de Israel e aliado do governo Bolsonaro, já havia sido citado em coletiva de imprensa do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, no aeroporto de Confins. “É muito difícil localizar um corpo a 5, 10 metros de profundidade. Israel se ofereceu para poder fazer isso”, disse.

Bolsonaro saiu de Brasília por volta das 8h para sobrevoar a região afetada pelo rompimento da barragem da Vale. Após o voo, reuniu-se com Zema e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, retornando a Brasília por volta das 14h.