Bolsonaro diz que novo diretor do Enem é contra ‘lacração’ e doutrinação de alunos

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2019 09h11
Reprodução/YouTubeMurilo Resende é o novo diretor do Enem

O presidente Jair Bolsonaro comentou neste sábado (5) a indicação do professor Murilo Resende como novo coordenador do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Através de sua conta no Twitter, o capitão reformado afirmou que Resende vai contra a “lacração” e a doutrinação de alunos.

“Murilo Resende, o novo coordenador do Enem é doutor em economia pela FGV e seus estudos deixam claro a priorização do ensino ignorando a atual promoção da ‘lacração’, ou seja, enfoque na medição da formação acadêmica e não somente o quanto ele foi doutrinado em salas de aula”, escreveu Bolsonaro.

Murilo Resende tem 36 anos, é doutor em economia pela Fundação Getúlio Vargas e professor universitário em Goiânia. Ele é simpatizante da filosofia de Olavo de Carvalho e comandou as manifestações pelo impeachment de Dilma Rousseff em Goiás, em 2015.