Bolsonaro diz que prefeito de Nova York ‘insuflou’ população contra ele

  • Por Jovem Pan
  • 08/05/2019 18h12
EFE"Nós expusemos sua intolerância. Ele correu", disse de Blasio sobre o cancelamento da viagem

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira, 8, que o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, patrocinou uma”sabotagem” e insuflou a população contra ele. O presidente disse que cancelou a viagem à cidade para não enfrentar protestos.

Em Nova York, Bolsonaro participaria de um evento em que seria homenageado como “Personalidade do Ano de 2019”, proposto pela Câmara de Comércio Brasil-EUA, mas, após críticas do prefeito Bill de Blasio, o presidente decidiu não ir.

Depois de pedir a Bolsonaro para cancelar a viagem, De Blasio comemorou.

“Jair Bolsonaro aprendeu do jeito difícil que nova-iorquinos não fecham os olhos para a opressão. Nós expusemos sua intolerância. Ele correu. Não fiquei surpreso, valentões geralmente não aguentam um soco”, disse o prefeito.

Bolsonaro afirmou que não quis enfrentar pessoas insufladas a jogar objetos contra ele. Ainda, o presidente disse que de Blasio “se queimou” na corrida presidencial.

Agora, aliados do presidente, que afirmou ter convites para encontros com políticos conservadores, como o senador Ted Cruz e o ex-presidente George W. Bush, tentam organizar uma viagem para que ele receba o prêmio no Texas no fim da próxima semana.

*Com informações do Estadão Conteúdo