Bolsonaro parabeniza Temer por assinar extradição de Battisti e diz que revogará pacto pela migração

  • Por Jovem Pan
  • 18/12/2018 19h24 - Atualizado em 18/12/2018 19h36
Tânia Rêgo/Agência BrasilBolsonaro ressaltou que "não é de hoje" que critica a presença do "terrorista" no Brasil

Como já havia adiantado, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) fez uma transmissão ao vivo nas redes sociais na noite desta terça-feira (18) para comentar diversos assuntos dos últimos dias. Entre um tema e outro, elogiou o atual presidente Michel Temer (MDB) por ter assinado a extradição do ex-ativista italiano Cesare Battisti.

Bolsonaro ressaltou que “não é de hoje” que critica a presença do “terrorista” no Brasil. “Battisti integrou o PAC, grupo ligado à Brigada Vermelha da Itália, e assassinou quatro cidadãos. Foi julgado e condenado. Conseguiu fugir. Estava morando em Cananéia, São Paulo. Temer se antecipou, parabéns ao presidente”, disse.

O presidente eleito também comentou o fato de o Brasil ter assinado o termo chamado Pacto Global por uma Migração Segura, Ordenada e Regular em conferência intergovernamental da ONU. Para ele, a decisão foi equivocada e deverá ser revogada em sua gestão.

“Olha como está a situação da França. Insuportável. A tendência é aumentar a intolerância [acolhendo os imigrantes]. Sabe a história dessa gente? Eles têm algo que não abandonam, as raízes. Querem fazer valer sua cultura. A França está sofrendo com isso. Nós não queremos isso. Não somos contra imigrantes, mas tem que ter um critério bastante rigoroso para entrar aqui. Vamos denunciar. Revogar o pacto pela migração. Não podemos concordar com isso.”

Por fim, criticou parte da imprensa por divulgar notícias “plantadas” e “improdutivas” para o País e prometeu fazer pelo menos mais uma live antes de sua posse, no dia 1° de janeiro.