Bolsonaro pede desculpas por vídeo com informações falsas

  • Por Jovem Pan
  • 01/04/2020 20h26
Isac Nóbrega/PRO presidente Jair Bolsonaro se desculpou por post nas redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro se desculpou por ter compartilhado nas redes sociais um vídeo que mostrava um suposto desabastecimento no Central de Abastecimento (Ceasa) de Belo Horizonte. As imagens foram divulgadas por Bolsonaro na manhã desta quarta-feira (1º) e desmentidas pela imprensa.

“Quero me desculpar, não houve a devida checagem do evento”, disse em entrevista ao programa “Brasil Urgente”, da Band. “Pelo que parece, aquela central de abastecimento estava em manutenção. Então, quero me desculpar publicamente, foi retirado o vídeo. A gente erra na notícia e eu tenho a humildade em me desculpar”, afirmou.

Bolsonaro excluiu a postagem após a repercussão negativa. Nas imagens, um homem aparecia dizendo que o Ceasa da capital mineira não estava recebendo alimentos por causa da pandemia de coronavírus. Mais tarde, em entrevista coletiva, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que, por enquanto, não há a ameaça de desabastecimento por causa da crise.

Apesar de ter reconhecido o erro, o presidente disse que o fluxo de alimentos no Ceasa e na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) tem caído. “Tivemos contato com o Ceasa, com o Ceagesp em São Paulo, tem caído realmente o fluxo de entrada de alimentos. Tem caído esse fluxo aí. Espero que não caia mais do que já caiu”, afirmou.

Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro teve postagens excluídas de pelo menos três redes sociais por disseminação de informações imprecisas sobre o novo coronavírus.