Bolsonaro recebe medalha por resgate de soldado que se afogou em 1978

  • Por Jovem Pan
  • 05/12/2018 15h12
José Cruz/Agência BrasilCelso Luiz Morais se afogou em atividade militar e foi resgatado por Bolsonaro

O presidente eleito Jair Bolsonaro recebeu na tarde desta quarta-feira (5) a “Medalha do Pacificador com Palma”, concedida pelo Exército Brasileiro – do qual é capitão reformado. A homenagem lembra o resgate de um soldado feito por ele.

“Não foi indicação de ninguém. Há quarenta anos, um soldado desapareceu na lagoa [de área militar]. Eu era atleta das Forças Armadas, um bom nadador e conseguir achá-lo e resgatá-lo”, contou o futuro presidente.

A vítima do acidente ocorrido em 1978, Celso Luiz Morais, esteve no evento e disse que tem com Bolsonaro “uma grande amizade, que continua até hoje”. Na época, ele integrava a 2ª Bateria de Obuses do 21º Grupo de Artilharia de Campanha.

“Arrisquei minha vida por ele”, falou Bolsonaro à imprensa, antes de destacar a quem o “acusa de racismo” que Celso Luiz é “afrodescentente”. “Estou grato ao Exército.” O comandante da Força, general Eduardo Villas Bôas, participou da cerimônia.