Bolsonaro em reunião: ‘Tentei trocar gente da segurança nossa no Rio e não consegui’

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2020 17h54
Marcos Corrêa/PRReunião interministerial de 22 de abril

O presidente Jair Bolsonaro afirmou durante reunião interministerial, realizada em 22 de abril, que tentou trocar “gente da segurança nossa no Rio de Janeiro”.

“Já tentei trocar gente da segurança nossa no Rio oficialmente e não consegui. Isso acabou. Eu não vou f… minha família toda de sacanagem, ou amigo meu, porque eu não posso trocar alguém da segurança na ponta da linha que pertence à estrutura”, disse Bolsonaro.

Nas imagens da reunião, liberadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na tarde desta sexta-feira (22), Bolsonaro diz que “se não puder trocar, troca o chefe dele, troca o ministro”.

“Vai trocar. Se não puder trocar, troca o chefe dele. Não pode trocar o chefe, troca o ministro. E ponto final. Não estamos aqui de brincadeira”, disse. Moro participava da reunião e anunciou sua demissão no dia 24 de abril, dois dias após o encontro com os outros ministros e Bolsonaro no Palácio do Planalto.

O vídeo da reunião faz parte do inquérito do STF que apura suposta interferência política de Bolsonaro no comando da Polícia Federal (PF), cujo relator é o ministro Celso de Mello.

‘Não posso ser surpreendido com notícias’

Em outro trecho, o presidente afirma que não pode ser pego de surpresa por notícias. “Eu tenho o poder e vou interferir. Não posso ser surpreendido com notícias.”

O presidente ainda demonstra irritação e preocupação com a falta de informações. “A gente não pode viver sem informação. Quem é que nunca ficou atrás da… da porta ouvindo o que o seu filho ou a sua filha tá comentando? Tem que ver pra depois… que ela engravida não adianta falar com ela. Tem que ver antes. Depois que o moleque encheu os cornos de droga, não adianta mais falar com ele. Já era. E com informação é assim.”