Bolsonaro volta a relacionar Argentina com Venezuela e recebe apoio do filho

  • Por Jovem Pan
  • 18/08/2019 15h46
ReproduçãoAssociações vem acontecendo desde que a chapa da ex-presidente Cristina Kirchner venceu as eleições primárias no país vizinho

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a fazer comentários sobre o processo sucessório na Argentina na manhã deste domingo (18), repetindo que que o país vizinho está cada vez mais próximo do populismo e da Venezuela.

“Da série JOÃO 8:32 (4) – Com o possível retorno da turma do Foro de São Paulo na Argentina, agora o povo saca, em massa, seu dinheiro dos bancos. É a Argentina, pelo populismo, cada vez mais próxima da Venezuela”, escreveu em seu perfil no Twitter,  referindo-se à chapa liderada por Alberto Fernández e que conta com a ex-presidente Cristina Kirchner, como vice, que venceu Maurício Macri nas eleições prévias da semana passada.

Em seguida, o presidente completou a postagem: “Provérbios 28:19: Quem lavra sua terra terá comida com fartura, quem persegue fantasias se fartará de miséria”, finalizou.

Pouco tempo após o pai publicar o comentário, seu filho, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), compartilhou o tweet com a seguinte afirmação: “Nós que estamos aqui de fora olhando o que está acontecendo com a Argentina nem acreditamos. Mas ainda creio que a Argentina não naufragará em outubro”, disse.

*Com Estadão Conteúdo