Bombeiros identificam última vítima de Muzema e encerram buscas; suspeitos estão foragidos

  • Por Jovem Pan
  • 21/04/2019 10h40
Tânia Rêgo/Agência BrasilÚltima vítima encontrada é mulher de 28 anos; ao todo, 23 pessoas morreram na tragédia

O Corpo de Bombeiros confirmou, na manhã deste domingo, 21, que a última pessoa desaparecida após o desabamento de dois prédios na Muzema, comunidade da zona oeste do Rio de Janeiro, foi encontrada. O corpo é de Juliana Martins de Souza Vicente, de 28 anos, e foi localizado na madrugada. Os agentes encerraram as buscas.

Dois corpos de crianças foram localizados no sábado, e três pessoas seguem internadas. Ao todo, 23 pessoas morreram na tragédia, que aconteceu no dia 12 de março.

Na sexta-feira, 19, a Justiça decretou a prisão de três suspeitos envolvidos na construção dos prédios. José Bezerra de Lima, o ‘Zé do Rolo’, Renato Siqueira Ribeiro e Rafael Gomes são considerados foragidos.

Máquinas

Desde a tarde de sábado (19), o trabalho de resgate passou a utilizar máquinas capazes de erguer as lajes que desabaram, possibilitando aos bombeiros acessar locais não vasculhados com o trabalho manual.

A prefeitura anunciou que vai demolir imediatamente pelo menos três prédios no condomínio Figueiras do Itanhangá, que ficam ao lado dos dois que desabaram. Mais 15 prédios poderão ser demolidos também, pois não têm licença de construção.

Investigação

Os três são acusados de homicídio por dolo eventual e são considerados foragidos da Justiça. De acordo com a Polícia Civil, Zé do Rolo teria construído os prédios enquanto os outros dois seriam corretores informais encarregados da venda dos imóveis. Eles foram reconhecidos por testemunhas ouvidas na 16ª DP.

*Com Agência Brasil