Brasil completa duas semanas com média móvel de mortes por Covid-19 acima de 800

Média móvel de novos casos continua em queda e volta a se aproximar de 100 mil

  • Por Jovem Pan
  • 22/02/2022 00h56
EFE/ André Coelho Homem usa camisa cinza enquanto realiza teste de Covid-19 Números indicam um aumento no número de testes realizados para detecção da Covid-19 nas últimas semanas e uma alta na taxa de positividade

A média móvel de mortes por Covid-19 completou duas semanas acima de 800 nesta segunda, 21 de fevereiro, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Com os 354 óbitos registrados nas últimas 24 horas, a média de mortes diárias ficou em 824 nos últimos sete dias, em uma ligeira tendência de queda. A média móvel de casos também segue em queda após o pico causado pela variante Ômicron: na segunda, foram 37.339 infecções detectadas e a média ficou em 101.007 casos. Dessa forma, o número ficou próximo de cair abaixo dos 100 mil pela primeira vez desde 19 de janeiro, quando a nova cepa ainda estava se espalhando pelo país. Nas segundas-feiras, os números são mais baixos por causa da falta de funcionamento de algumas secretarias da saúde estaduais nos fins de semana; por isso, a média móvel é importante para tirar o efeito dessa variação. Apesar da lenta queda em mortes e casos, os números ainda são altos e preocupantes.