Brasil registra 3.693 mortes por Covid-19 e se aproxima das 350 mil no total

Nas últimas 24 horas, foram registrados 93.317 novos casos de Covid-19, elevando o total de infectados pelo novo coronavírus e suas variantes para 13.373.174

  • Por Jovem Pan
  • 09/04/2021 19h06 - Atualizado em 09/04/2021 21h15
Felipe Dalla Valle/Palacio Piratini/Pool / Latin America News Agency/ReutersA média móvel de mortes voltou a subir, indo para 2.930, maior marca da semana

O Brasil registrou 3.693 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas e viu o total de vítimas fatais se aproximar da marca de 350 mil. Com os novos óbitos contabilizados, o país soma 348.718 mortos desde o início da pandemia, em março de 2020. No mesmo período, foram registrados 93.317 novos casos de Covid-19, elevando o total de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) e suas variantes para 13.373.174. A média móvel de mortes voltou a subir, indo para 2.930, maior marca da semana. Outro indicador que subiu foi a média de casos diários da doença, que aumentou para 66.156. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS) através de atualização de boletim feita às 18h desta sexta-feira, 9.

Os indicadores da Covid-19 no país mostram o avanço da pandemia. A taxa de mortalidade voltou a subir, indo para 165,9 a cada 100 mil habitantes, assim como a taxa de incidência da doença, que saltou para 6.363,7 a cada 100 mil habitantes. O indicador que permaneceu estável foi a taxa de letalidade, que se manteve em 2,6%.  Em termos proporcionais, o Amazonas detém o primeiro lugar da lista de maior mortalidade (295 a cada 100 mil habitantes), enquanto que Roraima possui a maior taxa de incidência (15.072,3 a cada 100 mil habitantes). Já em números absolutos, São Paulo é o Estado mais atingido pela Covid-19, com 2,6 milhões de casos e mais de 81 mil mortes pela doença.