Brasil tem 13.717 casos confirmados e 667 mortes por coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2020 17h08 - Atualizado em 08/04/2020 09h13
Alberto Veiga/Futura Press/Estadão ConteúdoSudeste continua liderando, com 8.138 ocorrências e 477 óbitos

O número de casos confirmados de coronavírus no Brasil subiu para 13.717 nesta terça-feira (7), contra 12.056 ontem, o que representa um aumento de 1.211. Já as mortes aumentaram de 553 para 667. O índice de letalidade é de 4,9%.

O Sudeste continua liderando, com 8.138 ocorrências e 477 óbitos, seguido do Nordeste, com 2.417 casos e 103 mortes. São Paulo tem 5.682 casos e 371 mortos; Rio de Janeiro 1.688 casos e 89 mortes; Ceará 1.051 casos e 31 mortes e Amazonas 636 casos e 23 mortos.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou em coletiva de imprensa que “os esforços feitos pelo Brasil para conter a pandemia” fizeram com que o Banco Mundial colocasse o País no primeiro lugar de enfrentamento até o momento.

Ele disse, também, que conversou com a China para garantir que a embaixada no Brasil participe das firmas de todos os contratos, com o objetivo de garantir maior transparência e solidez nas negociações.

Equipamentos

De acordo com Mandetta, nesta semana, bem como nas quatro seguintes, serão distribuídos 40 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), de um total de 200 milhões de uma compra feita pelo governo.

O ministro pontuou, também, que “não é função federal fazer a aquisição dos materiais” e que, se as empresas privadas e a prefeituras estiverem conseguindo comprá-los, os que foram adquiridos pelo governo serão repassados.

“Chega nesta semana mais 300 mil testes rápidos e vamos entregar nesta quarta-feira 1 milhão de testes. Já temos o protocolo de formatação de como utilizá-los”, completou.