Caiado chama Lula de “chefe de quadrilha” e elogia sentença de Moro: “educativa”

  • Por Jovem Pan
  • 12/07/2017 17h10 - Atualizado em 12/07/2017 17h18
Andre Corrêa/Agência SenadoSenador Ronaldo Caiado (DEM-GO) aprovou a decisão de Sergio Moro, de condenar o ex-presidente Lula no caso do triplex

Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado nesta quarta-feira a nove anos e meio de prisão em regime fechado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá. A sentença, dada pelo juiz federal Sergio Moro, foi elogiada por Ronaldo Caiado (DEM-GO).

Em entrevista exclusiva à Rádio Jovem Pan, o senador classificou a condenação de Lula como “extremamente educativa”. Segundo ele, a partir de agora, “todas as pessoas que forem eleitas para ocupar um cargo público vão pensar duas vezes antes de utilizar indevidamente as suas funções”.

“Essa sentença dada pelo juiz Sergio Moro, condenando o ex-presidente Lula a nove anos e meio de prisão, é extremamente educativa”, definiu Caiado. “Ela vai fazer com que a sociedade brasileira entenda que, a partir de agora, a lei serve para todos. Essa é a maneira correta de se combater a corrupção”.

“Não adianta nada combater apenas aqueles que são os responsáveis pela pequena margem de bandalheira sem que possamos atingir aqueles que são os verdadeiros chefes de quadrilha”, disparou, referindo-se especificamente a Lula.

“A legislação brasileira sempre foi limitada. Nunca atingiu esse patamar superior, criando um sentimento de total descrença à Justiça nacional. Agora, o juiz Sergio Moro acaba de condenar um ex-presidente da República que, indiscutivelmente, era chefe de quadrilha. Este é o momento de ressurgimento da esperança brasileira”, finalizou.

Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado nesta quarta-feira a nove anos e meio de prisão em regime fechado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá. O ex-presidente, no entanto, não vai cumprir a sentença em regime fechado até ser julgado em segunda instância.