Carla Zambelli pedirá expulsão de Frota do PSL: ‘Situação insustentável’

  • Por Jovem Pan
  • 05/08/2019 15h11 - Atualizado em 05/08/2019 15h12
Ananda Migliano/Estadão Conteúdo"Infelizmente, tem gente no PSL que é, na verdade, do PSDB", alfinetou a deputada

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) afirmou nesta segunda-feira (5) que pretende pedir a expulsão do também deputado Alexandre Frota (PSL-SP) do partido. Segundo ela, depois que o parlamentar se envolveu em algumas discussões com colegas de sigla, a situação se tornou “insustentável”.

“Ao ter pedido a vocês um voto de confiança nele no passado, tenho o dever de me posicionar, a partir do momento em que o Deputado Alexandre Frota vem rompendo reiteradamente, não só com a plataforma do PSL, mas também com a plataforma que o elegeu”, disse Zambelli no Twitter.

“Devo lembrar que nossos mandatos nos são confiados por nossos eleitores, e a eles devemos nossa lealdade. Portanto, entrarei no conselho de ética do partido para pedir sua expulsão da sigla. Além da acusação gravíssima feita contra o Senador Major Olímpio, ele ataca o Presidente Jair Bolsonaro sem apresentar nenhum argumento concreto, e ainda se pronuncia por diversas vezes em nome do partido, dando a entender que seria a opinião da maioria. Situação insustentável”, completou, ressaltando que “infelizmente, tem gente no PSL que é, na verdade, do PSDB. Que mudem logo de partido”.

Na semana passada, Frota trocou farpas com o senador Major Olímpio (PSL-SP) na mesma rede social. Tudo começou quando o deputado reclamou que “uma milícia de ex-PMs” havia se instalado na legenda. “Major, até hoje estamos esperando a prestação de contas do PSL-SP antes, durante e depois da eleição. O senhor deixou 43 diretórios com sérios problemas. Estamos na liminar até hoje. Fora a sua milícia de ex-PMs. Em cada lugar que passo tem um coronel que é dono do PSL”, postou no dia 22 de julho.

Olimpio, então, abriu representação interna contra ele no dia 29 e disse que iria processá-lo por danos morais. Frota reagiu: “Major Olimpio, quem deveria ter sido colocado no Conselho de ética seria o senhor por ter feito campanha falando pelo PSL para o Márcio França, passando por cima de tudo e de todos. Agora fica rastejando atrás do Bolsonaro. O senhor é um falastrão, bobo e que joga do lado que te interessa.”