Caso Marielle: Cinco pessoas prestam depoimento no Rio de Janeiro

  • Por Jovem Pan
  • 13/03/2019 12h14 - Atualizado em 13/03/2019 12h15
Agência BrasilMarielle e seu motorista foram mortos em março no ano passado

A Delegacia de Homicídios da capital (DH), na cidade do Rio de Janeiro, ouviu depoimentos de cinco pessoas na investigação sobre os assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Entre eles estão dois policiais militares, um bombeiro e dois empresários.

Quatro deles foram levados à DH por policiais civis que cumpriram hoje 16 mandados de busca e apreensão. O quinto depoente chegou sozinho à delegacia. Não há mandado de condução coercitiva contra eles, portanto os cinco foram à delegacia de forma espontânea.

Eles serão ouvidos por terem alguma relação com os dois acusados de cometerem os homicídios: o PM reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Queiroz. Os dois foram presos na manhã de ontem e ainda estão na DH, onde se espera que eles também prestem depoimento. Ainda não há previsão de transferência para unidades prisionais.

*Com Agência Brasil