Caso Nardoni: pai de Isabella pede regime semiaberto

  • Por Jovem Pan
  • 12/09/2018 13h50 - Atualizado em 12/09/2018 13h52
WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDOAlexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá foram condenados pela morte da menina Isabella

Alexandre Nardoni, condenado a 30 anos e 2 meses pela morte da filha Isabella, entrou com pedido de progressão ao regime semiaberto. Ele está preso desde 2008 em Tremembé.

Ainda não há prazo para a Vara de Execuções Criminais de Taubaté julgar o pedido de Nardoni, que foi protocolado no último dia 5. O Ministério Público, por sua vez, deu parecer contrário à progressão nesta quarta-feira (12).

A menina Isabella, quando tinha 5 anos, foi jogada do sexto andar do Edifício London, na zona norte de SP, onde a família morava, no dia 29 de março de 2008. Alexandre Nardoni, pai da garota, e a madrasta Anna Carolina Jatobá foram acusados e condenados pelo crime. A defesa negou o envolvimento dos dois, atribuindo o crime a uma terceira pessoa que teria invadido o apartamento.