Ceará: 250 famílias são evacuadas de área de barragem

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2019 17h08 - Atualizado em 17/03/2019 17h12
Reprodução/OpovoBarragem Granjeiro sofreu um embargo provisório da Agência Nacional de Águas (ANA)

Mais de 250 famílias que moram ao longo do curso do rio Jaburu, em Ubajara, no estado do Ceará, foram realojadas. A Agência Nacional de Águas (ANA) fez um embargo provisório da barragem Granjeiro na última quarta-feira, 13 e recomendou a saída das famílias que moram na área por questões de segurança.

A agência reguladora informou, em nota divulgada neste domingo, 17, que a penalidade tem o objetivo de fazer com que a empresa Agroserra Companhia Agroindustrial Serra da Ibiapaba adote medidas imediatas para minimizar os riscos de rompimento da estrutura.

Segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, o realojamento das comunidades ribeirinhas é de caráter preventivo e temporário.

“A noite transcorreu tranquila lá. A maior parte das famílias foi removida para casas de parentes. Apenas 70 tiveram que ser levadas para o Santuário da Mãe Rainha. É importante destacar a importância do apoio da população que ainda não foi removida para que essa etapa do trabalho possa ser concluída com brevidade”, disse, em nota, o coronel Luís Eduardo Soares de Holanda, comandante do Corpo de Bombeiros.

Segundo a ANA, medidas de contenção da erosão na barragem já foram concluídas e agora está em andamento escavação de canal ao lado da barragem para liberação controlada de água e redução do armazenamento.

A agência informou que a empresa não poderá operar a barragem Granjeiro enquanto houver o embargo provisório.

*Com Agência Brasil