Censo vai medir qualidade da alimentação infantil em todas as regiões do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2019 08h52
Objetivo é mapear a qualidade da comida e do estado de saúde do público abaixo de cinco anos de idade

Mais de 17 mil crianças de 123 municípios de todas as regiões do Brasil participarão do Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani), promovido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. O objetivo é mapear a qualidade da comida e o estado de saúde do público abaixo de cinco anos de idade.

Inédito no Brasil, o censo percorrerá cerca de 15 mil municípios no país e tem ainda apoio do Ministério da Saúde e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A primeira meta do estudo é verificar a quantidade de vitaminas e minerais entre os pesquisados através de coletas de sangue.

“Esse é o primeiro aspecto inédito do estudo. A gente vai medir sangue de crianças entre seis e 59 meses e vamos dosar uma série de marcadores que jamais foram estudados no Brasil com essa magnitude”, disse o coordenador nacional do Enani, Gilberto Kac.

Os pesquisadores mapearão ainda a alimentação feita nas últimas 24 horas pela criança e a qualidade do aleitamento materno ao qual ela está submetida.

O terceiro objetivo é o mapeamento do estado nutricional antropométrico (conjunto de técnicas utilizadas para medir o corpo humano ou suas partes) que, no caso, inclui medir o peso e a altura das crianças e das mães.

A coleta de dados será feita por 342 equipes espalhadas por todo o país, entre esta segunda (18) e o mês de dezembro. Os resultados serão divulgados a partir de fevereiro do ano que vem.

Agência Brasil