CNI: Confiança do empresário atinge menor patamar de série histórica

A expectativa de melhora dentro dos próximos seis meses, no entanto, melhorou

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2020 14h40 - Atualizado em 13/05/2020 15h10
Foto: Tony Winston/Agência Brasília - FlickrCovid-19: Confiança do empresário atinge menor pontuação em série histórica

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) tem ficado abaixo da média histórica nos dois últimos meses, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (13) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Segundo os dados, o ICEI se manteve praticamente inalterado entre os meses de abril e maio, passando de 34,5 para 34,7 pontos – os menores patamares já registrados. A média histórica é de 53,7 pontos.

Um dos motivos, de acordo com a pesquisa, é a elevada incerteza do setor diante da pandemia do novo coronavírus, que causa a Covid-19. O índice já chegou a 38,7 pontos, em janeiro de 2015.

“A falta de confiança contribui para a paralisação dos investimento e dificulta a recuperação da atividade econômica”, diz a CNI.

A pesquisa indica que valores acima de 50 pontos revelam a confiança do empresário e quanto mais acima de 50, maior e mais abrangente é a confiança. Os valores abaixo de 50 indicam a falta de confiança do setor – quanto mais baixo, maior é a falta de confiança.

Condições atuais e expectativas

A pesquisa também avalia como o empresariado vê as condições atuais do setor e da economia brasileira. De acordo com os dados, houve recuo de 8,9 em maio, deixando o índice em 25,2 – valores abaixo de 50 pontos indicam a piora da situação.

Já no índice que avalia as perspectivas dos empresários para o futuro houve aumento de 4,8 em maio. A pesquisa pede a avaliação do setor empresarial para os próximos seis meses. Este índice está em 39,5 pontos, ainda abaixo da média de 50 pontos, o que revela o pessimismo dos empresários, segundo a pesquisa, mas em uma perspectiva melhor do que o índice da atual situação.

A CNI ouviu 1370 empresas, sendo 554 pequeno porte, 514 médio porte e 302 de grande porte, entre os dias 4 e 8 de maio.