CNPq tem dinheiro garantido para pagamento de bolsas a pesquisadores somente até setembro

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2019 10h40
ReproduçãoPara fechar as contas de 2019, o presidente do CNPq estima que o órgão necessite de cerca de R$ 300 milhões

O orçamento confirmado para este ano do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) só garantirá dinheiro para o pagamento de bolsas de pesquisa até o mês de setembro.

A informação é do presidente do órgão, João Luiz Filgueiras de Azevedo, que, em entrevista ao portal G1, explicou que a além da verba ter sofrido redução em comparação a 2018, parte do dinheiro deste ano foi usada para pagar bolsas de dezembro do ano passado.

Para fechar as contas de 2019, o presidente do CNPq estima que o órgão necessite de cerca de R$ 300 milhões. Ele considera nesta conta a redução deste ano e os R$ 80 milhões do orçamento que foram usados para pagamento de pendências do ano anterior.

Ao G1, Azevedo disse que conta com o apoio do ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, para reverter a situação. “O ministro está plenamente consciente disso, sabe do problema e, mais do que isso, está trabalhando para tentar reverter. Não estamos sozinhos, nosso ministro está na luta”, disse ao portal.