‘Coitado do Lula, não soube distinguir o público do privado’, diz Mourão

  • Por Jovem Pan
  • 06/02/2019 21h04
Ernesto Rodrigues/Estadão ConteúdoMourão comentou segunda condenação de petista em conversa com jornalistas

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou na noite desta quarta-feira (6) que a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do sítio de Atibaia (SP) é “triste”.

“Coitado do Lula. Infelizmente não soube distinguir o público do privado. É triste”, disse Mourão ao ser questionado por jornalista. O ex-presidente está preso desde abril do ano passado em Curitiba (PR) por condenação no caso de triplex no Guarujá (SP).

Nova condenação

Nesta quarta-feira, a juíza federal Gabriela Hardt, da Operação Lava Jato, condenou o petista a mais 12 anos e 11 meses de prisão por, corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro na ação penal que envolve o sítio Santa Bárbara, na cidade de Atibaia.

O ex-presidente foi sentenciado por receber R$ 1 milhão em propinas referentes às reformas do imóvel, que está em nome de Fernando Bittar, filho do amigo de Lula e ex-prefeito de Campinas, Jacó Bittar. A obras foram custeadas por OAS, Odebrecht e Schahin.

A Lava Jato afirma que o sítio passou por três reformas: uma sob comando do pecuarista José Carlos Bumlai, no valor de R$ 150 mil, outra da Odebrecht, de R$ 700 mil e uma terceira reforma na cozinha, pela OAS, de R$ 170 mil.

*Com informações do Estadão Conteúdo