Congresso inicia sessão conjunta para votar 11 vetos presidenciais

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2019 13h48
Geraldo Magela/Agência SenadoO presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ)

Senadores e deputados se reuniram no início da tarde desta quarta-feira (27) em sessão conjunta no Congresso Nacional para apreciar vetos e projetos de crédito extra ao orçamento que chegam a R$ 22 bilhões.

Os parlamentares analisarão 11 vetos presidenciais, sendo que cinco deles trancam a pauta e impedem a deliberação de outros projetos. A votação estava inicialmente prevista para terça (26), mas foi adiada por falta de quórum.

Dos 11 vetos em análise, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou acordo para votação nominal em separado de três itens. Os demais serão incluídos em uma cédula e analisados em conjunto.

Dois dos destaques tratam do veto parcial (VET 35/2019) à reforma partidária e eleitoral (Lei 13.877/2019). A norma teve 45 dispositivos barrados pelo presidente Jair Bolsonaro. O terceiro (VET 44/2019) trata da preferência, nos pagamentos de indenizações em caso de desastre ambiental em áreas de manguezais, para as mulheres marisqueiras.

*Com Agência Senado