Contrário ao reajuste do STF, Bolsonaro diz que Temer ‘sabe o que fazer’

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2018 18h14 - Atualizado em 13/11/2018 18h29
Fátima Meira/Estadão ConteúdoBolsonaro entende que reajuste do STF vai gerar problemas orçamentários

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) indicou que gostaria que Michel Temer (MDB) vetasse o reajuste salarial aprovado por parlamentares em benefício de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Se for aprovada, a medida elevará o teto do funcionalismo público para R$ 39 mil.

“Ele sabe, é uma pessoa responsável, não precisa de apelo. Sabe o que vai fazer. O que ele vai fazer compete a ele”, disse Bolsonaro durante visita ao Superior Tribunal Militar. Ele foi questionado sobre um possível “apelo ao veto” e mais uma vez mostrou preocupação em relação ao orçamento.

O reajuste pode gerar custos de R$ 4 milhões por ano aos cofres públicos, caso seja estendido a juízes e procuradores estaduais, o que é permitido por algumas legislações regionais.

O presidente eleito reforçou que isso seria mais um problema para a administração de seu governo. “É mais motivo de preocupação, estamos com déficit para o ano que vem e é mais um problema que vamos ter”, disse.

Antes, ao comentar o assunto, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), negou que tenha aprovado “pauta bomba”.

*Com informações do Estadão Conteúdo