Covas admite que vistoria em viadutos é ‘insuficiente’ e quer novos laudos com urgência

  • Por Jovem Pan
  • 19/11/2018 12h57 - Atualizado em 19/11/2018 13h02
Charles Sholl/Estadão ConteúdoEstrutura cedeu 2 metros e danificou cinco carros na manhã do feriado da Proclamação da República (15)

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, do PSDB, admitiu nessa segunda-feira (19) que as vistorias dos 185 viadutos da cidade são “insuficientes”. Covas falou após o primeiro encontro do Comitê de Crise, em seu gabinete, para tratar do viaduto que cedeu 2 metros na última quinta-feira (15) na pista expressa, sentido interior, da Marginal Pinheiros.

Após três horas de reunião, o prefeito afirmou também que vai consultar o Tribunal de Contas do Município para avaliar a possibilidade de contratar emergencialmente uma empresa para realizar laudos estruturais em todos os viadutos da cidade. “A vistoria visual é incompleta, é insuficiente. Desde o ano passado já tínhamos visto que é insuficiente”, disse.

Estavam presentes na reunião o secretário de Infraestrutura e Obras, Vitor Aly, e o secretário de Mobilidade e Transportes, João Octaviano Neto.

Escoramento do viaduto

Ainda segundo o prefeito, o viaduto já foi totalmente escorado e ganhou uma espécie de “janela” para que os engenheiros responsáveis possam avaliar a situação da parte interna da estrutura.

O secretário de Infraestrutura e Obras complementou afirmando que uma estrutura deverá servir como pilar provisório para aliviar a tensão do local danificado.

*com informações de Estadão Conteúdo